Read More Read More

" />
O bebê não para de chorar: entenda o seu choro

O bebê não para de chorar: entenda o seu choro

Visualiza a cena: você e seu bebê tem pouco tempo juntos desde que ele nasceu e simplesmente ele não paaaara de chorar. Quem nunca passou por uma situação assim? É desesperador, não é? Aqui estão algumas possibilidades da razão do choro dele.

  1. E se for cólica? É um choro frequente, costuma aparecer nos primeiros meses de vida e é devido a imaturidade do sistema digestivo do bebê. Ainda não se sabe dizer quais são todas as origens da cólica, mas o seu choro costuma vir com dor, perninhas retraídas e a face avermelhada. Repare bem o comportamento do bebê, pois o som do choro tende a ser inconfundível.
  1. E se forem gases? O bebê chora forte e pausadamente, pontilhando o choro com gritos agudos. Em geral, quanto mais chora, engole ar e gera mais for. Faça massagens na sua barriga, dobre os joelhos fazendo o movimento de pedalar a bicicleta repetidas e lentas vezes.
  1. E se for fome? Esse é mais fácil de constatar, afinal é só alimentá-lo para ver que ele ficará quietinho de novo. Observe se a mamada ou o leite está sendo suficiente e converse com o pediatra do seu filho.
  1. E se for fralda molhada? O choro costuma ser meio de resmungo e desconforto. Eles se sentem incomodados por estarem molhados, principalmente se já houver assaduras.
  1. E se for otite? Trata-se de uma inflamação no ouvido que provoca uma dor intensa, daí o choro é contínuo e intenso. Cada vez que o bebê mama, começa a sugar e para, porque sente que algo o incomoda. De fato, o ato de sugar realmente faz piorar a dor. Daí, o ideal é procurar logo o pediatra para que possa clinicar o bebê.
  1. E se for sono? Depois de algum tempo de convivência com o bebê, os pais costumam identificar rapidamente o choro de sono. Em geral, vem sempre nos mesmos horários que ele costuma dormir e é um choro mais enjoadinho. Fica impaciente e até nervoso. Às vezes, ele age como se fosse sua culpa o fato dele não conseguir dormir.
  1. E se for azia? Alguns bebês sentem este desconforto, em especial os prematuros. O sintoma mais claro é confundir com manha: após as mamadas, ao deitar, ele fica inquieto e chora, como se quisesse levantar. Deixe-o na posição vertical por uns 30 minutos para aliviar.
  1. E se for dificuldade para urinar? O choro do bebê só cessa, quando ele consegue urinar. Ele fica aliviado e para. Note que a urina não sai em jatos, mas gota a gota. Se notar esse choro, junto com este sintoma, procure imediatamente o pediatra para que o analise.
  1. E se for frio/calor em excesso? Se for frio, o bebê fica com as extremidades arroxeadas e às vezes nem consegue chorar. Se for calor, ele tem mais dificuldade em fazer que mãe o entenda, porque tendemos a querer protegê-lo para que não sinta frio com um monte de roupas. O choro dele é acompanhado de um mexe-mexe desconfortável como se quisesse dizer: “mãe, tô com muito calor!”
  1. E se eu não conseguir entender o choro? Muitas vezes não é fácil detectar o porquê do choro e o desejo do bebê. Então, tente manter a calma (afinal, isso passa para o pequeno), procure relaxá-lo, converse em um tom suave de voz. Isso ajudará que você tenha tranquilidade pra entender o que está acontecendo.

Espero que essas dicas ajudem vocês.

Beijos carinhosos,

Nana

Fonte: ROSÉN, Jenny. 50 maneiras de criar um bebê sem frescura/ Jenny Rosén. – São Paulo: Panda Books, 2008. 200pp.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage