Read More Read More

" />
Dicas para prevenir acidentes domésticos

Dicas para prevenir acidentes domésticos

Quando pensamos em bebês dentro de uma casa, nem sempre visualizamos todos os possíveis perigos que existem ou porque somos papais de primeira viagem ou porque não temos um “olhar de bebê” em que tudo é curiosidade e novidade.

Por isso, preparamos um resumo por cômodos da casa dos locais que exigem mais atenção dos adultos quando o assunto é prevenir acidentes domésticos.

            Alguns cantos da casa começam a ser perigosos quando o bebê ensaia dar os primeiros passos, em geral, a partir dos oito meses depois que já está engatinhando.

Ali entendemos que a sua curiosidade, muitas vezes, não tem limite e com isso, desestabiliza a organização do lar. É este o momento para preparar a casa e evitar que o bebê possa se acidentar.

Antes de mais nada, deve-se considerar com qual idade e onde ocorrem os acidentes mais comuns. É muito comum, de acordo com pesquisas, uma grande quantidade de acidentes no primeiro ano de idade, pois os pais podem acabar se distraindo e nem sempre estão constantemente em estado de alerta para cada movimento deles.

                                       

Quais são os lugares mais perigosos?

            Primeiramente, você deve avaliar o tipo de casa que você vive. A quantidade de ambientes (se há escadas, jardim ou varandas) vai determinar a prevenção e o cuidado que devemos ter. A cozinha, o banheiro, as tomadas, as quinas são os locais mais frequentes onde costumam acontecer a maioria dos acidentes.

      1. Cozinha

A cozinha é um lugar onde deve-se tomar extremos cuidados. Existem muitos lugares com pontas e fios que debem ser consideradas porque costumam estar na altura da cabeça das crianças. As mesas, cadeiras e bancadas são objetos que não costumam ter quinas arredondadas. Os talheres também são perigosos. O fogão e o forno costumam chamar atenção das crianças. Também é comum que o bebê abra a porta do forno e queira se sentar nela, já que fica na altura dele.

Como preparar a cozinha para evitar acidentes?

  • Colocar todos os elementos cortantes nas prateleiras superiores e sempre o mais alto possível.
  • Colocar embaixo da bancada todos os objetos grandes com formato arredondado como panelas, garrafas ou jarros (plásticos inclusive).
  • Certificar que mangueira de gás esteja fora do alcance da criança. É prudente fechar o gás sempre que acabar de cozinhar, porque ela pode querer brincar com as bocas fogão.
  • Apenas cozinhar com as bocas de trás do fogão, nunca com as da frente. Lembre-se se deixar os cabos das panelas e frigideiras sempre virados em direção a parede.
  • Coloque uma trava na porta do forno para evitar que a criança a abra.


    2. Banheiro

Certos locais do banheiro devem ter atenção especial. Não se recomenda colocar a caixa de remédios no banheiro, por exemplo, porque ela deve estar em um local seco e fresco. Além disso, é uma caixa que desperta a curiosidade das crianças por possuir muitos objetos diferentes.

Por outro lado, é importante observar que o banheiro possui objetos “duros” e que elas podem se machucar, como vaso sanitário ou banheira, por exemplo. Além disso, é comum que elas brinquem com partes pouco higiênicas como levantar a tampa do vaso (e até colocar a mão lá dentro), no ralo, na lata de lixo, brinquem com o papel higiênico ou até com o cesto de roupa suja e coloquem qualquer uma dessas coisas na boca.

Como preparar o banheiro para evitar acidentes?

  •  Deixar a farmacinha fora do alcance das crianças.
  •  SEMPRE supervisionar quando elas estiverem no banheiro.
  • Colocar travas entre a tampa e o vaso sanitário para evitar que a criança machuque os dedos caso a tampa caia acidentalmente.
  • Também existem travas para as portas, evitando que elas fechem e eles fiquem presos ou que prendam os seus dedos.
  • Use um tapete antideslizante no box (ou banheira) ou em alguma parte do piso, caso ache necessário.

 

       3. Tomadas

Todos os materiais eléticos e tomadas devem ser observados para evitar queimaduras elétricas (infelizmente são comuns).

Como preparar as tomadas para evitar acidentes? 

  • Existem proteções (tampas) para as tomadas de parede. O ideal é que todas as tomadas que estejam na altura das crianças sejam protegidas.
  • Se você utiliza estabilizadores para computadores ou extensões, evite deixar no chão. Quanto mais alto e longe do alcance das crianças estiver, mais seguro será.
  • Tenha em sua casa um disjuntor DR, pois em caso de uma criança colocar um garfo, por exemplo, na tomada, ele desliga automaticamente a tensão e evita o choque elétrico.

 

        4.  Varanda e janela

As varandas e janelas são lugares complicados para que uma criança esteja sem supervisão. Afinal, é comum que ela queiram se debruçar para o ver há embaixo ou do outro lado.

Como preparar a varanda e janela para evitar acidentes?

  • É imprescindível instalar uma rede de proteção na janela e na varanda.
  • Evite deixar cadeiras ou mesas próximas de janelas ou nas varandas. Certamente a criança em um momento de curiosidade vai querer subir nelas.
  • Caso você não disponha de recursos financeiros para instalar as redes de proteção no momento, deixe sempre as janelas e porta da varanda trancadas. As travas devem ser instaladas o mais alto possível de maneira que a criança não consiga alcançá-las.

 

5. Escadas

            O acesso às escadas são lugares proibidos para uma criança, em especial aquelas que acabaram de aprender a andar. Além disso, as escadas não são pensadas para crianças e, por isso, acabam não tendo o corrimão para a altura dos pequenos, no caso daqueles que já tentam subi-la.

Como preparar a varanda e janela para evitar acidentes?

  • Instale grades (desmontáveis ou fixas) na frente das escadas. Elas auxiliam durante algum period a limitar o acesso das crianças até os degraus.
  • Cole fitas antideslizantes nos degraus para evitar que os menores escorreguem, caso já saibam subir.

Cuidados com outros cômodos

  • A lavanderia ou área de serviço não deve ser esquecida, afinal os produtos químicos devem estar longe do alcance das crianças. Seja em prateleiras mais altas ou se estiverem embaixo do tanque (em algum armário), não deixe de colocar as travas de segurança nas portas.
  • Travar a porta da máquina de lavar roupa (em especial se a sua for do modelo “lava e seca”.
  • Deixe à disposição da criança os brinquedos que ela gosta muito de brincar, porque se estiverem em um local de difícil acesso, certamente eles darão um jeito de tentar alcançá-la, usando cadeiras, caixas, correndo o risco de quedas.
  • Para os que tem animais de estimação, ensine a criança a respeitar o espaço deles e não invadi-los. Os animais, apesar de serem domesticados, têm o instinto territorial e podem se sentir agredidos quando alguém o invade. Assim como na hora de comer e de dormir.
  • Para quem tem piscina em casa, é obrigatório o uso de uma malha de proteção para evitar o afogamento da criança em um momento de desatenção do adulto.
  • Para quem tem filho que já dorme em caminhas, sugiro uma grade desmontável para cama, porque pode-se evitar quedas da criança no meio da noite, por exemplo.
  • Sempre atente aos brinquedos das crianças, pois podem ter soltar algumas partes pequenas e acabar estimulando que a criança queira ingeri-la, por exemplo.
  • E por último, sempre repetir todas essas recomendações e cuidados com a pessoa que cuide da criança na ausência dos pais (tia, avó, babá…). É melhor zelar pela segurança do que correr riscos, não é mesmo?

Publicado originalmente em http://www.babysitio.com – Tradução e adaptação livres: Mãe Só Tem Uma. Os direitos Autorais no Brasil são regulamentados pela Lei 9.610. A violação destes direitos está prevista no artigo 184 do Código Penal. Este artigo pode ser publicado em outros sites, sem prévia autorização, desde que citando o autor e a fonte.

Nana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage