Read More Read More

" />
Carta do bebê aos familiares e amigos

Carta do bebê aos familiares e amigos

Oi,

Eu sou um bebezinho de 7 meses, mamãe e papai começaram a me dar alimentos com 6 meses, antes eu só bebia leite do peitinho da minha mamãe. Há um mês venho experimentando variados alimentos: frutas, legumes, verduras e carnes… nham nham tudo muito gostoso e preparado com muito amor!

Eu percebo a preocupação do meu pai e da minha mãe em me dar os alimentos mais saudáveis possíveis porque eles pesquisaram muito sobre e a nutricionista falou que desde a gestação eu venho formando meus hábitos alimentares, mas desde o nascimento até os dois anos de idade esses hábitos se consolidam e eu os levarei para minha vida adulta. Por isso a preocupação deles em me dar os melhores e mais frescos alimentos nessa primeira fase.

Papai e mamãe me amam muito para se preocuparem assim com o meu futuro, não é? Mas muitas pessoas acham que os meus pais são frescos ou chatos, pois não entendem o real motivo dessa preocupação. Antigamente as pessoas não sabiam da importância de uma alimentação saudável desde bebê e davam açúcar, corante, alimentos industrializados e até cerveja na chupeta passavam dizendo não fazer mal. Tudo isso já foi comprovado pelos estudiosos que pode prejudicar a minha formação em diversos campos.

Por isso, hoje venho aqui para pedir para quem me ama, que respeite as decisões dos meus pais, que tenho certeza, são as melhores para mim. Eu preciso crescer saudável, com os nutrientes necessários para me desenvolver física e intelectualmente. Tenho certeza que com essas medidas, tenho menores chances de obesidade, de desnutrição e de poder desenvolver doenças que ás vezes ainda são desconhecidas atualmente, pois os alimentos com conservantes ou transgênicos ainda estão sendo estudados para descobrirem os resultados em nosso corpo, ainda mais o meu corpinho em formação.

Eu peço que você, por favor, respeite as decisões da mamãe e do papai e caso tenham vontade de me dar algo, converse com eles antes, pedindo permissão. Caso, eles digam não, não fique chateado, não é nada contra você, somente uma decisão importante para o meu futuro. Mesmo parecendo que eu queira muito algum alimento, como eu não conheço nada além do leite, eu não fico com vontade e nem aguado como muitos dizem. Agradeço muito a sua compreensão, tornando a vida dos meus pais mais fácil, além de cooperarem para que eu cresça forte e saudável!

Com muito amor e carinho, um beijinho do bebê que você ama.

Lilica.

2 thoughts on “Carta do bebê aos familiares e amigos

    1. Envia o link para ela. Muitas vezes pessoas mais velhas não “enxergam mal” em dar algumas comidas para os pequeno porque simplesmente “não morreram” ao comer alimentos não saudáveis.
      Beijos,
      Nana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage