Read More Read More

" />
Tirando os sapatos ao entrar em casa

Tirando os sapatos ao entrar em casa

entrar-em-casaQuando me casei, no auge da alegria de ter minha casa, “minhas regras” (mentira, nossas regras… hehehe), resolvemos que toda as vezes que entrássemos em casa, tiraríamos os sapatos.

Essa decisão veio de uma reflexão rápida de que além de ser um hábito que nunca tivemos antes, os sapatos que andaram por tantos lugares diferentes (e sujos) pela rua, tornam-se uma fonte de contaminação para dentro do nosso lar. Além do mais, por aqui, eu sempre adorei andar descalça pela casa e tendo sapatos sujos circulando em nosso ambiente, era uma forma de continuar contaminando o nosso cantinho mais precioso.

Mudar um hábito, qualquer que seja ele, não é fácil! Demanda determinação, força de vontade e incentivo. Pois bem, resolvi pesquisar e descobri que os japoneses já tiram seus sapatos quando entram em alguns ambientes há milhares de anos. Daí, os pesquisadores se interessaram em saber o porquê deste hábito. Sabe o que descobriram? Que após duas semanas de uso dos mesmos calçados, mais de 420 mil bactérias estavam presentes neles e 96% delas são coliformes fecais (muito associado ao famoso cocô).

A pesquisa realizada por um professor de microbiologia, Charles Gerba, da Universidade do Arizona, em 2008, aponta que os sapatos têm mais bactérias do que um vaso sanitário! (Ecaaa!!!).

Além disso, a infectologista Raquel Muarrek, do Hospital e Maternidade São Luiz do Morumbi, afirma que a principal bactéria que você pode trazer é a Escherichia coli, que pode causar infecções urinárias e diarreia.

Bom, além de toda essa nojeirice, passamos pelo momento do nascimento do nosso filho que, como todo bebê, lá pelos 6, 7 meses, passou a arrastar-se pela casa o tempo todo para se locomover.

Logo, esses dados se tornaram mais graves para nós, afinal essas bactérias são transmitidas por meio do contato físico. Assim, se o bebê passar a mão onde você pisou, pode acabar contraindo o micróbio. “Essas bactérias podem causar conjuntivite, problemas respiratórios, disenteria, ou seja, uma série de doenças só pelo contato com a criança” – afirma a infectologista.

Daí, unimos o útil ao agradável: instauramos a regra do “ao entrar, tire o seu sapato” e garantimos que o chão seria um lugar um pouco menos imundo para o bebê.

Se você também pensa como nós e quer abolir o uso de calçados dentro de casa, vou deixar umas dicas que nos ajudaram bastante.

 

  1. Seja determinado e policie um ao outro.

 

  1. Compre uma sapateira, um cesto ou um móvel que possa ficar próximo a porta de entrada para que os calçados fiquem guardados.

 

  1. Separe um chinelo (ou pantufa) apenas para ser usado dentro de casa (assim você evita confundir o chinelo para sair com o de ficar em casa).

 

  1. Não se esqueça de, sempre que possível, higienizar os calçados antes de guardá-los no armário. Nada que uma esponja, água e sabão não resolvam.

 

  1. Ensine através do exemplo para os seus filhos. Criança aprende muito mais pelas nossas atitudes do que por nossa fala.

 

Desejo boa sorte para vocês!

Beijos carinhosos,

Nana.

 

Fonte:

http://melhorcomsaude.com/tirar-sapatos-entrar-em-casa-otimo-habito/

http://www.paisefilhos.com.br/familia/e-melhor-voce-comecar-a-tirar-os-sapatos-antes-de-entrar-em-casa/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage