Read More Read More

" />
Quando o fim do relacionamento é inevitável

Quando o fim do relacionamento é inevitável

            Ninguém namora, casa, tem filhos e constrói uma vida com alguém, pensando no término do relacionamento. Mas, às vezes, eles acabam e nós precisamos estar preparadas para esse momento, principalmente quando temos filhos, pois aí estamos falando de outras vidas que dependem de nós (pai e mãe).
           Todo término de relacionamento é doloroso. Dificilmente, um casamento acaba com os dois querendo ir embora. Geralmente termina com um gostando mais do que o outro e, assim, a dor é grande. O choque com a nova condição é difícil. Muitas vezes não aceitamos essa situação que se coloca na nossa frente e que vai reformular toda a nossa vida. Infelizmente, eu estou passando por isso e tenho aprendido “na marra” algumas coisas sobre separação com filhos.
            Eu não me imaginava aos 32 anos, estar separada e com um filho. Imaginem o baque que eu levei?! A gente perde o chão, chora, esperneia, grita mas não tem jeito… não temos como obrigar alguém a viver conosco, ainda mais quando existem caminhos diferentes. Mais ainda se houver filhos! Foi só nele que eu pensei o tempo todo e sei que se estou aqui (escrevendo um pouco do meu relato pessoal para auxiliar e dividir com alguém esse momento doloroso) é por causa dele.

4 thoughts on “Quando o fim do relacionamento é inevitável

  1. Lilica, fiquei realmente triste com o seu relato. Acompanho o blog desde o nascimento e não imaginava q vc estivesse passando por esse momento. Fiquei com vontade de te abraçar.
    Há acontecimentos na vida q nos magoam profundamente, q nos surpreendem, q nos abatem, mas como vc bem falou,em nome da nossa maior responsabilidade, continuamos tentando fazer o melhor, muitas vezes engolindo o choro. Cada um tem seus desafios, o meu é enorme, depois de uma belíssima gravidez, a filha nasceu com algo sem cura e q a compromete a vida toda. Imagine quão difícil isso é para um coração de mãe e tbm pro pai… Eu ñ me imaginava nessa situação nunca, ñ consigo entender Pq comigo, sabe… Não nos imaginamos em posições difíceis. Mas tenho fé de q a vida vai se renovar pra vc e vc vai ser muito feliz.

    1. Raquel,
      Muito obrigada pelo carinho, pela msg. Me senti abraçada e confortada.
      Tb não imagino a sua luta. Tento me apegar em algo além do mundo físico, ter fé. Acredito que nada aconteça conosco por acaso. Tudo tem um grande aprendizado. Tenho esperança de que as coisas ainda vão melhorar, tudo está ainda muito recente.

      Um beijo carinhoso em vc e na sua pequena,
      Elis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage