Read More Read More

" />
Dicas para crianças nos parques da Disney

Dicas para crianças nos parques da Disney

Hoje a nossa convidada aqui no Mãe Só Tem Uma é a Marcela Correa. Ela é professora de inglês, possui o canal no Youtube e Instagram “Aventura Orlando” e também promove viagens em grupo como guia Disney. Com vocês, Marcela!

“Uma das coisas que mais amo fazer é viajar! E desde que tive minha filha, Helena, que hoje tem 2 anos, tem sido um sonho para mim levá-la à Orlando. Esse sonho não era apenas por ela, mas por mim também que sou apaixonada pela cidade e há muitos anos não a visitava.

Um belo dia, uma oportunidade bateu à minha porta. Fui convidada a trabalhar com turismo, uma paixão antiga, e a fazer um treinamento para ser guia Disney. Aceitei na hora e junto com isso veio a oportunidade de criar um canal no Youtube e um perfil no Instagram. Além disso, precisaria fazer uma viagem de uma semana à Orlando. Foi hora de repensar nossas escolhas, e logo veio a pergunta: “Vamos levar Helena ou não?” Pensamos em TUDO que vocês possam imaginar. Nossa viagem seria em julho e muitos fatores desfavoreciam a ida dela – o forte calor, as grandes multidões no período de férias, a alta do dólar, o trabalho como guia, a documentação dela que não estava em dia – até que decidimos que ela ficaria em casa com minha mãe.

Confesso que foi uma decisão difícil, não apenas por ficar longe dela por 8 dias mas principalmente por ter sonhado tantas vezes com esse momento.

Durante a viagem o trabalho fluiu muito bem mas a verdade é que pensamos nela o tempo todo.. No nosso último dia na cidade estávamos no Magic Kingdom e decidi fazer um vídeo contando tudo sobre como levar uma criança para os parques em Orlando. Esse vídeo você confere logo aí embaixo.

Pensando nos principais itens, resolvi fazer uma listinha básica.

Carrinho: Esse é um item essencial! Mesmo que seu filho seja um pouquinho maior você vai ficar muito feliz por ter um carrinho durante sua viagem. Isso porque visitar Orlando é geralmente uma maratona. Todos ficam muito cansados e as crianças mais ainda. Você tem algumas opções: alugar um carrinho no parque, alugar um carrinho em uma empresa de Orlando mesmo, ou levar o seu daqui do Brasil. Se você decidir pela última opção, você pode levar seu carrinho até o momento do embarque no aeroporto, e ele não contará como uma bagagem.

 

 

Child swap: Esse é um benefício que está presente nos parques e você não pode deixar de aproveitar. Quando você entra em uma atração que seu filho não pode participar, ou não quer participar, você pode entrar em uma family room, um espaço reservado para as famílias que se revezam nos cuidados com a criança. Por exemplo, enquanto o pai está na atração a mãe está na family room com o filho, e quando o pai retorna, eles invertem os papéis. Dessa maneira, não precisam entrar na fila duas vezes.

 

 

 

Baby center: são espaços reservados para o cuidado com as crianças.

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora voltando a nossa história…

Conclusão: voltamos para o Brasil e duas semanas depois decidimos deixar a opinião dos outros de lado e compramos nossas passagens para voltarmos à Orlando! E agora com ela, Helena, nosso bem mais precioso!

No final do ano embarcamos para mais uma Aventura Orlando! Se você quiser acompanhar nossa trajetória em mais uma viagem mágica, é só me seguir no insta: @aventuraorlando, e se inscrever no nosso canal no Youtube Aventura Orlando.

Bye bye, and see you in Orlando!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage