Read More Read More

" />
Chupeta x dedo: qual o MENOS pior?

Chupeta x dedo: qual o MENOS pior?

Quando comecei a escrever aqui pro blog pedi a algumas amigas mamães sugestões de tema para desenvolver, e praticamente todas pediram a mesma coisa: chupeta e dedo estragam a dentição mesmo? Então vamos lá, vamos tentar clarear um pouco as ideias.

Primeiro de tudo vou pedir desculpas a meus amigos dentistas que podem não concordar em alguns pontos que vou colocar. Mas hoje eu digo que sou mãe em tempo integral e dentista em horário comercial, rs.

Segundo quero já pedir desculpa a você, mamãe, se você está achando que vou te dar solução A ou B pra essa questão. Vou, na verdade, citar as problemáticas de cada um deles, para que vocês possam chegar sozinhas a uma conclusão, ok?

Já deixando claro que o ideal ideal mesmo é NENHUM DOS DOIS. Mas também é ideal que o bebê tome só o leite materno até seis meses, que o bebê durma sozinho no berço, que se alimente só com produtos naturais e orgânicos, que não tenha acesso a tecnologias antes dos dois anos, e na prática a gente sabe que nem sempre é assim que a banda toca né?

Agora me sinto pronta pra começar, rs.

Quanto aos danos intra orais:

As duas opções são igualmente perigosas. A sucção demasiada tanto da chupeta quanto do dedo pode afetar na posição da língua durante a fala, alterar o formato do palato (céu da boca), além de modificar a relação entre ossos e músculos. Podem estar associadas com mordidas cruzadas, mordidas abertas e até deformidades faciais. O ideal é remover o hábito no máximo até os três anos da criança. Mesmo a chupeta com bico ortodôntico pode afetar a mordida.

Quanto à disponibilidade e higiene:

Quando o bebê é novinho o dedo parece uma boa opção frente à chupeta. Está sempre ali, disponível, não fica caindo toda hora, não requer esterilização constante,rs. Porém, conforme a criança cresce um pouquinho esses mesmos benefícios viram os vilões. O dedo está sempre ali (a chupeta a gente até consegue esconder ou oferecer em horários críticos), as mãozinhas viram descobridoras do mundo e vivem no chão antes de irem à boca. No longo prazo é mais difícil negociar a remoção do hábito de sucção do dedo que o da chupeta.

Sucção nutritiva x não nutritiva:

Se ofertada muito cedo, a chupeta pode causar confusão de bicos e estimular um desmame precoce no bebê que vinha sendo alimentado no seio da mãe. Não é regra, porém pode ocorrer. O que é mais frequente de ocorrer é a diminuição na produção de leite visto que o bebê não depende só do seio da mãe para se acalmar. E aleitamento é estímulo. Quanto mais se oferece, mais se produz. Meu primeiro filho mamava praticamente de hora em hora nos dois primeiros meses, e eu, cansada, com os seios feridos, tentei ofertar a chupeta a ele. Tentei três marcas e ele acabou não pegando, não se adaptou. Meu coração de dentista se aliviou, mas não julgo quem insiste pois de fato é um momento bastante difícil para a mulher.

Chupeta e infecções no ouvido:

Há estudos que apontam a relação do uso da chupeta com recorrência de otites. A relação está na alteração da pressão no canal que liga o ouvido ao nariz. Se seu filho tem episódios recorrentes de otite e chupa chupeta, talvez seja bom rever isso.

Mas é só notícia ruim?

Não, vou deixar um consolo pros chupadores de chupeta de plantão. A chupeta é um fator que foi apontado em estudos por diminuir a Síndrome da morte súbita infantil. O uso da chupeta durante o sono tende a deixar as vias aeres do bebê livres, dificultando o sufocamento. Mas lembre que após os doze meses do bebê o risco da morte súbita diminui drasticamente, e a chupeta não pode mais ser usada com essa desculpa.

Tirar o hábito:

Nunca será fácil mudar nada em uma rotina de uma criança. Requer muita paciência dos responsáveis, e firmeza na decisão. Usar substâncias de gosto ruim não é uma boa ideia, tampouco criticar ou diminuir a criança. O ideal é sempre o reforço positivo quando ela não estiver fazendo a sucção. Caso não se consiga a negociação em casa, uma equipe multidisciplinar (odontopediatra / psicólogo/ fonoaudiólogo) pode ajudar.

Um abraço pra vocês, se ficaram dúvidas ou tiverem sugestões deixem nos comentários, ok?

 

 

Dra Livia Mayer

Endodontista Ortodontista CRO-RJ 32763

Graduada pela UFRJ/ Especialista em Endodontia pela UERJ/Especialista em Ortodontia pela INCO

Telefone: (21)3342-3931

Visite a página no facebook: Odonto White

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage