Read More Read More

" />
10 nomes de mulheres que marcaram a história

10 nomes de mulheres que marcaram a história

No dia 8 de março é comemorado o dia da mulher, por isso temos uma bela ocasião de voltar na história e de se inspirar nos nomes das grandes mulheres, daqui e de outros lugares, para o seu bebê.

Repare que esta lista é completamente subjetiva!

Angela

Personalidade do ano de 2015, segundo a revista Time, e a mulher mais poderosa do mundo, segundo a Forbes (por dez anos)! Angela Merkel, 62 anos, é a chanceler da Alemanha. Primeira mulher a liderar seu partido, ela ganhou as eleições de 2005, 2009 e 2013. A personalidade de Angela se define por seu rigor, seu orgulho, sua determinação, sua criatividade, sua empatia, sua sensibilidade e seu talento de comunicadora.

Coco

Original e à moda, Coco Chanel, que se chama de fato Gabrielle Chasnel (1883-1971), é uma das grandes criadoras da moda de alta costura de todos os tempos. Ela fundou a casa Chanel que desenvolveu vestuários e perfumes, sinônimo de elegância e reconhecida mundialmente. Sem grandes surpresas, os “Coco” são conhecidos por serem intensos, abertos, expressivos, comunicativos, alegres e extrovertidos. Em Quebec, somente uma menina teve esse nome em …2010!

Edith

Quem não conhece a célebre Edith Piaf (1915- 1963), apelidada pelo mesmo nome, cantora francesa expressiva e intérprete sensível? Algumas de suas canções se tornaram clássicas. Espontânea, alegre, apaixonada e honesta, Edith é enérgica e dinâmica. Seu nome foi extremamente popular nos anos 1950-1960 e é raramente usado nos dias atuais.

Elizabeth

Pensamos imediatamente na Elizabeth II, 90 anos, rainha combativa e invencível (65 anos de reinado até hoje), e também em Elizabeth Taylor, aliás Liz Taylor, atriz que virou ícone hollywoodiano (1932- 2011). Dizem que Elizabeth ou Elisabeth são sentimentais, espirituosas, trabalhadoras, amigáveis e abertas.

Gloria

Jornalista, autora e conferencista, Gloria Steinem, 82 anos é uma líder do movimento feminista mundial. Esta americana milita em favor da igualdade das mulheres e quer que ela seja visível em todas as áreas, principalmente na mídia. Dizem que Gloria (etimologia “Gloire”) é brilhante, determinada, criativa, aventureira, um pouco romântica, empreendedora e corajosa. Ela não recua diante de nada.

Janette

Em Quebec, Janette Bertrand, 91 anos, faz parte das grandes damas que marcaram a história: jornalista, comediante, autora, ela é pioneira na luta pelos direitos e igualdade das mulheres. Janettes são “cabeças quentes”, corajosas, um pouco impaciente, ambiciosa, dinâmica, generosa e tolerante. Rara são as meninas que se chamam Janette, Jeannette ou Jeanette. Pode-se contar nos dedos das mãos a partir de 2010.

Jeanne (Joana)

Seja a Joana d’Arc a conquistadora (1412-1431), Joana Mance, a co-fundadora de Montreal e a mulher por trás do Centro Hospitalar do Hotel Dieu (1606-1673), ou Joana Sauvé jornalista e política (1922-1993), Joana é uma desbravadora, uma líder, trabalhadora apaixonada e dedicada, segundo o site prenoms.com.

Marie (Maria)

Marie Curie (1867-1934) e Maria da Encarnação (1599-1672) são mulheres importantes da história: primeira cientista de renome, primeira mulher a receber um prêmio Nobel e a única mulher até os dias atuais a receber dois prêmios Nobel. A segunda é uma missionária mística do Quebec que fundou o monastério das Ursulinas, um dos primeiros lugares de educação para mulheres na América do Norte. Maria costuma ser ativa, enérgica, ambiciosa, persistente, leal e perfeccionista.

Maya

Maya Angelou, aliás Marguerite Johnson (1928-2014) militou durante toda a sua vida pelos direitos civis nos Estados Unidos. Ela é uma líder afro-americana conhecida em todo mundo por seus escritos, poemas, discursos e palestras. Como ela, as Mayas são conhecidas por serem trabalhadoras, independentes, combativas e afirmativas. Elas são cheias de talento e de energia.

Pauline (Paulina)

Paulina Marois, 67 anos, é a primeira mulher primeira ministra do Quebec e a pessoa que ocupou mais ministérios de história política Quebecoense. O nome faz também pensar em Paulina Julien (1928-1998), cantora, atriz e autora, apelidada de paixão do Quebec. Quem tem o nome de Paulina é conhecida por ser honesta, determinada, amável, sensível e sociável.

 

Lilica.

 

Publicado originalmente em www.mamanpourlavie.com.  Tradução e adaptação livres: Mãe Só Tem Uma. Os direitos Autorais no Brasil são regulamentados pela Lei 9.610. A violação destes direitos está prevista no artigo 184 do Código Penal. Este artigo pode ser publicado em outros sites, sem prévia autorização, desde que citando o autor e a fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook User Timeline

Close
homepage